Será uma tática pra manter os telespectadores acordados?

Minha mãe dá um pulo no sofá toda vez que começa a abertura de Caminho das Índias. E não é por menos, aposto que muita gente já foi arrancado do bom e velho cochilo no sofá durante a novela das oito, enquanto ouvia a voz chorosa da Juliana Paes e, de repente, aparece a indiana louca gritando. E parece que a "indiana louca" na verdade é um cara, Sukhwinder Singh ( uma bala 7Belo pra quem conseguir pronuciar isso). E como se já não bastasse o susto pós início da abertura, o cidadão acorda e dá de cara com aquele show de imagens psicodélicas... quem estiver em um sono mais profundo, é até capaz de pensar que morreu dormindo e está a caminho do inferno.

"A inspiração foi principalmente a diversidade, grandiosidade e colorido que representam a Índia" explica Roberto Stein (Globo.com)
...pois já tem gente dizendo que isso é coisa do Demonho.



1 comentários:

  Postador

26 de fevereiro de 2009 15:45

LSD.

Não tenho a menor dúvida disso. Já tive minha época de usar essas coisas, não tem erro.

Bom, deixando a brincadeira de lado, até acreditaria numa subliminar intenção de acordar as pessoas através dos sons inadequadamente ruidosos dessa apresentação. É a tentativa frenética de chamar a atenção através da música mais estranha que a índia já compôs.

Eu acho a apresentação quase tão ruim quanto a novela, porém, nenhuma apresentação conseguiria ser tão ruim.

Postar um comentário