Bob & Eu

Quem me conhece há um certo tempo, sabe que eu odeio cachorros. Odeio o cheiro deles, odeio a cara de pidão que fazem quando estou comendo, odeio o barulho que fazem quando estão com fome e odeio principalmente o fato de eles parecerem tão "espertinhos", mas não conseguirem aprender a fazer suas necessidades no local certo.
Mas hoje, apareceu o Bob. Ele é o cachorro da tia de uma amiga minha. Ela viajou e deixou o Bob com essa minha amiga que, por sua vez, deixou ele aqui em casa.
Foi amor à primeira vista!
Ele tem só um mês de vida, mas é tão lindo, tão fofo, branquinho e peludinho... Não sei como, mas nem me importei com o fato de ele ter feito xixi embaixo da minha cama. E o pior, eu corri pela casa toda brincando com ele!
Minha mãe não acreditou, fica repetindo o tempo todo: Mas você odeia cachorros?!
Nem eu acredito, mas o Bob tem alguma coisa diferente dos outros cachorros. Apesar de fazer xixi pela casa toda, ele parece ser legal. Dorme bastante, assim como eu. Aliás, ele dormindo é lindo também...
Estou temporariamente sem câmera, por isso, não vou postar uma foto dele agora. Mas amanhã eu publico a carinha do meu Bob lindo.
E é amanhã que ele vai embora. Uma pena, dificilmente eu vou gostar de outro cachorro nessa vida.
Ainda bem que tenho o Lenine, meu peixe, mas isso é uma outra história.

Bob fez xixi no tapete da minha mãe enquanto eu redigia o post!

3 comentários:

  Shê!

16 de março de 2009 09:16

Peraí, mas o Lenine não morreu???

Ah, eu gosto de cachorros. Eu tive um que, depois que fui embora de casa, morreu, após ter se passado 1 mês...ele morreu de saudades, olha só que fofo?! Eu posso dizer, que nesta vida, "alguém" já morreu de amor por mim..hauhauahuahuah

Bjs! ;)

  Mariza Fernandes

16 de março de 2009 14:26

kkkkkkkkkkk
Que lindo!
Quem morreu foi o Chuck Norris, e não foi de saudade!

  Ângelo

22 de março de 2009 11:52

"Marley e eu" e "Bob e eu".

A diferença fica entre nome e sobrenome. Se bem que, levando em conta o tempo, seu filme ia ter que ser um curta-metragem. euheuheue

Eu AMO Cachorros, tenho um que eu tirei da rua.

Postar um comentário